[Tópico Oficial]Microsoft Windows 10

Discussão em 'Software Geral' iniciada por JoaoDJesus, 30 Setembro 2014.

  1. Cpt_Crunch

    Cpt_Crunch Veterano PCDIGA

    Registo:
    1 Maio 2012
    Mensagens:
    7,842
    Likes Recebidos:
    1,733
    Edge muito rápido mas não confio, M$ só mesmo o SO/Office tudo o resto third party apps.
  2. NoobTuga

    NoobTuga Membro PCDIGA

    Registo:
    14 Março 2016
    Mensagens:
    2,167
    Likes Recebidos:
    730
    Localidade:
    Algures perto de Lisboa
    Calma aí. A Microsoft diz que não vai lançar mais nenhum windows depois do Windows 10. Então basicamente tamos todos lixados depois de 2025 (a não ser que apareçam service packs ou updates)
  3. snowie

    snowie Veterano PCDIGA

    Registo:
    26 Fevereiro 2014
    Mensagens:
    1,370
    Likes Recebidos:
    781
    Localidade:
    Porto
    Calma, isso é a lista atual, quando um outro Windows sair, ele vai para a lista :p
  4. NoobTuga

    NoobTuga Membro PCDIGA

    Registo:
    14 Março 2016
    Mensagens:
    2,167
    Likes Recebidos:
    730
    Localidade:
    Algures perto de Lisboa
    Vamos ver se fica windows 11 ou se passa para outro número. Contar à Bill Gates é um bocado estranho :/
    [​IMG]
  5. Kyztic

    Kyztic Membro PCDIGA

    Registo:
    31 Agosto 2015
    Mensagens:
    141
    Likes Recebidos:
    25
    Boa tarde,

    O que a Microsoft fez basicamente foi acabar com o branding de numeração do Windows. É marketing. Apenas. Porque o kernel continuará a ser desenvolvido da mesma forma, assim como o restante sistema operativo. O nome é que se manterá o mesmo, ficará Windows 10 sempre, depois diferencia-se pela numeração da compilação. Não haverá Windows 11, se calhar no máximo sairá um 10.1, mas nem isso acredito que saia. Será sempre Windows 10, depois as atualizações terão é números de compilação diferentes. Por exemplo, quando saiu era a versão 10240. Depois foi atualizado no Inverno passado para a versão 10586. Agora saiu a versão 14393. Será assim.

    Cumprimentos.
  6. NoobTuga

    NoobTuga Membro PCDIGA

    Registo:
    14 Março 2016
    Mensagens:
    2,167
    Likes Recebidos:
    730
    Localidade:
    Algures perto de Lisboa
    Então o Bill Gates só aprendeu a contar até 10. E mesmo assim aprendeu mal :riso::riso::riso::riso::riso::riso:
    @Kyztic obrigado por esclareceres esse ponto.
  7. Kyztic

    Kyztic Membro PCDIGA

    Registo:
    31 Agosto 2015
    Mensagens:
    141
    Likes Recebidos:
    25
    Boa tarde,

    Creio que a Microsoft aprendeu e mudou bastante. Os tempos de não relacionamento com o mundo open-source já lá vão, assim como de se julgarem superiores a tudo e todos. Com este novo CEO estão mais abertos a ver e ouvir o que os rodeia, perceberam que com aquela atitude iam dar-se mal. Mesmo assim, o Ballmer fez muita coisa boa que agora o Nadella está a colher os frutos. Similar ao Linux ter contribuições de todos os que as queiram dar, agora criaram o programa Windows Insider para quem quiser testar e ajudar a melhorar o Windows, assim estenderam este género de iniciativa a outros produtos da empresa como o Office, o Bing e outros. A Xbox One foi um falhanço redondo devido a várias atitudes erradas, mas creio que agora com a Scorpio se vão redimir. Apagaram a má memória do IE e agora temos o Edge a dar cartas. O Hotmail era um cancro e agora o Outlook bate-se de frente com o Gmail. O Bing era dado como um falhanço mas já faz muito dinheiro (5.5 biliões de dólares no último trimestre) e sem terem dado um cêntimo pelo Yahoo conseguiram criar o seu próprio motor de busca e enterrar o Yahoo para se tornarem o número 2 mundial.

    Esta é mesmo uma nova Microsoft. Cada vez mais as lutas são a dois entre Microsoft e Google. No PC continuam com os seus 90% de mercado. Nos tablets superaram os 10% e as previsões são de chegar a 22% em 2020, superando a Apple. Restam só os telemóveis onde andam a definhar, mas podem estar a preparar um retorno com o fim da linha Lumia e o lançamento do Surface Phone. Veremos como corre essa parte.

    O Windows 10 está no centro de tudo isto. É muita coisa a acontecer ao mesmo tempo.

    Cumprimentos.
    Zeca Ganeiro gostou disto.
  8. Cpt_Crunch

    Cpt_Crunch Veterano PCDIGA

    Registo:
    1 Maio 2012
    Mensagens:
    7,842
    Likes Recebidos:
    1,733
    Se vulkan for implementado na maior parte dos jogos, M$ pode dizer adeus a boa parte desses 90%.
  9. Kyztic

    Kyztic Membro PCDIGA

    Registo:
    31 Agosto 2015
    Mensagens:
    141
    Likes Recebidos:
    25
    Boa tarde,

    "Se"... isso do se tem muito que se lhe diga. Vamos por partes. O Vulkan apareceu para concorrer com o DirectX. Mas o DirectX tinha e continua a ter o monopólio. A Xbox anterior foi um falhanço e por isso a Microsoft tem pressa para lançar a próxima. Porquê? Para fazer prevalecer o DirectX. A Sony com medo de perder a corrida, foi atrás do isco. A conversa do hardware ser mais poderoso vai virar-se contra a Sony, pois todos os dev kits da nova consola da Sony mostram que será inferior ao que a Microsoft vai lançar. A nova Xbox terá ainda mais em comum com o Windows 10, além dos jogos first-party como o Forza que vão ser lançados para a Windows Store em conjunto com a Xbox, este programa será aberto a 3rd partys. A Microsoft está a adensar o ecossistema, a todos os níveis, não só no gaming com a aproximação da Xbox ao universo Windows.

    Depois, o Vulkan nunca terá o mesmo acesso a API's que o DirectX em Windows, porque o DirectX é nativo no sistema operativo, por isso será sempre uma luta desigual. E a Microsoft tendo os 90% de mercado, os jogos são desenvolvidos para Windows porque é onde as pessoas estão, e para funcionarem o melhor possível, saem em DirectX que é nativo do sistema para onde vão correr. Mais ainda, os jogos poderão sair em simultâneo em Xbox e Windows por isso... terão de vir em DirectX mais uma vez, porque na Xbox apenas corre o DirectX (sendo que o nome Xbox deriva de DirectX Box) e por ser uma consola é um walled garden, coisa que a Microsoft está a tentar fazer com o Windows também, fazer um sistema fechado.

    Há muitas condicionantes para o Vulkan conseguir fazer moça. A Microsoft tem a faca e o queijo na mão.

    Cumprimentos.
  10. PT_AH

    PT_AH Membro PCDIGA

    Registo:
    22 Novembro 2014
    Mensagens:
    3,171
    Likes Recebidos:
    934
    Localidade:
    30 Km de Lisboa :)
  11. Kyztic

    Kyztic Membro PCDIGA

    Registo:
    31 Agosto 2015
    Mensagens:
    141
    Likes Recebidos:
    25
  12. Tiago Pequito

    Tiago Pequito Membro PCDIGA

    Registo:
    22 Julho 2015
    Mensagens:
    10,120
    Likes Recebidos:
    3,270
    Localidade:
    Lisboa
    eles são uns marotos :)
  13. Kyztic

    Kyztic Membro PCDIGA

    Registo:
    31 Agosto 2015
    Mensagens:
    141
    Likes Recebidos:
    25
    Boa tarde,

    Estas grandes empresas conseguem sempre os seus objetivos, mais depressa ou mais devagar mas chegam sempre onde querem, mesmo que de vez em quando tenham de dar um passo atrás para dar dois em frente, mas só se dão por satisfeitos quando atingem aquilo a que se propõem. E nem que para isso tenham de rolar cabeças. O objetivo da empresa tem sempre de ser atingido. E aqui acho que acontece isto mais uma vez. Tentaram com o Games For Windows Live, não funcionou. Agora voltam a tentar com a Windows Store e já funciona melhor, vai melhorando aos poucos.

    Acho que aos poucos vamos começar a ver mais e mais jogos a sair ao mesmo tempo na Windows Store e no Steam. Para já acho que o que eles querem ainda não é igualar o Steam no timing dos lançamentos, mas sim ainda só trazer alguns nomes grandes. Depois aos poucos vão encostando nas produtoras e fazendo acordos para lançar nos dois ao mesmo tempo. Acho que a ideia da Microsoft é mesmo dividir o público gamer em dois. Os que usam as versões do Windows anteriores ao 10 e os que usam o 10. Quem usa o Windows 10 tem a Windows Store, quem usa Windows anteriores ao 10 tem o Steam. Daí que a empresa diga que não quer entrar em concorrência com a Valve ou interesse em destruir o Steam. Porque sem Steam quem usa Windows anterior ao 10 fica sem plataforma para jogar, porque nessas versões a Microsoft também não oferece nada. Então, antes de ter a maioria das pessoas no 10, para a Microsoft até há interesse que o Steam continue vivo, porque prende esses users ao Windows na mesma.

    Mas quando o Windows 10 tiver a maioria dos utilizadores sim, a Microsoft vai começar a querer enfrentar a Valve de frente. Mas até lá vão só preparando a coisa. Meter os jogos first party e alguns AAA third party, até terem um número razoável de jogos AAA disponíveis e de vendas, e enquanto vão fazendo isto, vai-se dando a mudança de users para o 10, que também demora o seu tempo. É um processo demorado visto que o 10 ainda tem 25% de mercado e o 7 tem quase 50%. Mas quando o 10 ultrapassar o 7, a Microsoft vai carregar no acelerador e creio que vão começar a cortar nas compatibilidades dos jogos, com a conversa de que "está disponível na Windows Store".

    Resta esperar para ver, mas acho que a ideia deles é esta. Só não a admitem frontalmente já porque sendo ainda tão cedo podia virar-se o feitiço contra o feiticeiro virem a público já falar em enfrentar o Steam.

    Cumprimentos.
  14. Tiago Pequito

    Tiago Pequito Membro PCDIGA

    Registo:
    22 Julho 2015
    Mensagens:
    10,120
    Likes Recebidos:
    3,270
    Localidade:
    Lisboa
    Depois de ler este belo texto.
    [​IMG]
  15. NoobTuga

    NoobTuga Membro PCDIGA

    Registo:
    14 Março 2016
    Mensagens:
    2,167
    Likes Recebidos:
    730
    Localidade:
    Algures perto de Lisboa

    Ainda estou a tentar perceber que impacto é que isto vai ter e o que muda para um utilizador normal.
  16. Cpt_Crunch

    Cpt_Crunch Veterano PCDIGA

    Registo:
    1 Maio 2012
    Mensagens:
    7,842
    Likes Recebidos:
    1,733
    É benite.

Partilha esta Página

Users a ver o Tópico neste momento (Users: 0, Visitantes: 0)